domingo, 6 de dezembro de 2020

Sonho, chamava-te amor!

 



Cada personalidade,
tem a sua liberdade,
tanta cooperação
Isto é chuva de amor e emoção!

E quando a chuva batia
o teu vidro eu chamava-te amor
tocava teu olhar e combatia
tudo para te levar uma Flor!

Adoro quando me provas a alma…
E quando os nosso espíritos estão juntos
Palavras de amor, são tuas amor ,utopia calma
Amor verdadeiro , derradeiro ,infinitos pontos …

E assim era como eu devia te encontrar
para simplesmente te amar
Provo um pouco de chocolate e pimenta!
minha doçura suave e ciumenta !

Num horizonte negro e uma fachada triste,
Mas tu sorriste quando a cor alterou, viste?
Gargalhadas elegantes e largas,
Risos de doer a barriga como ataques de cócegas !

E quando a chuva batia
o teu vidro eu chamava-te amor,
Tocava teu olhar e combatia
com amor o teu olhar ,olhos nos olhos!

Como era bom olhar para ti,
Depois que tocava tua pele ,
Eu chamava-te amor ,
Até que sorria e morria na tua boca!

By.Quandoosolreluz/Quandoachuvacai -acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=354381 © Luso-Poemas

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Em cada partícula(…)



Amanhecer suspeito, um pouco escuro, 
um pouco  rosa, um pouco arco-íris!  
Solto as ideias na escrita, salpico  para achares-me
Acha-me em  ti ,  em mim !eu encontro-te em nós!

Meu sentimento ,minha rima , minha poesia, minha arte !
 Para ver teu sorriso   eu canto para a tua alma! 
quase todas vezes  que quero  amar-te ! 
  amo-te  em cada  partícula ou traço imaginário  da tua palma!

Cada  ar envergonhado do nosso rosto,
Cada  pensamento que  tento levar 
E parece que te sussurro o  meu gosto
Será assim até um dia que  a chuva pare de cair pelo meu olhar !

Sou   a lágrima do teu olhar mas também posso  ser o  teu sorriso,
da tua boca ,tocar suavemente a tua alma e fazer do meu sorriso o teu!
Tocar com ternura teu pensamento e ser o  teu sonho, o teu paraíso.
A tua lágrima  ,  teu mais delicioso sorriso assim meu amor,  somos nós (...)

By.Quandoachuvacai/Quandoosolreluz-acor 


domingo, 25 de outubro de 2020

Tocar a tua alma!



Sempre fui distraída então  distraio-me,
observando a perfeição do infinito, do  universo, 
Os sons, os cheiros, paladares e os olhares que inspiram-me, 
Facilmente  voo, vou sorrindo em verso…! 

Esta  a chover e as ideias  são corações 
De cada reflexo que faz ver o florir dos amores
O Palpitar das vidas são nossas emoções, 
São vastas as ideias e os sentidos das flores! 

As almas gritam mas só quem vive, sente
O preencher da vida, nossa luz, a garra
É esperar a evolução, e deixar fluir a mente
E não explicar nada, só viver para ser de repente … 

Distraída tatuaste em mim um grande amor 
Para que possa sempre amar-te 
De todas as formas arrebatadoras
 Preciso olhar-te até tocar  a tua alma! 

Versejar rimas nos teus sonhos 
Chegar a ti e sentir os teus braços 
Fazer te sonhar, Embalar o teu olhar
E provar as cores que tu vês, o meu amor ! 


By.Quandoachuvacai/acor


 

terça-feira, 15 de setembro de 2020

Podemos esperar o inverno!?

 
















Esperemos então o inverno, hoje vejo um colorir de folhas 
Só espero que sintas o meu amor em tudo que vires  
Agora Sorris que eu sei, e eu imagino  que me olhas,
Meu amor podemos esperar pelo inverno!?

Podemos esperar o inverno!  
E esperar aquele frio que nos congela,
O Oásis será sempre nossa alma intensa aquarela! 
Podemos esperar a neve cair e o amor passar mas o amor é eterno!

Podemos sorrir ao mesmo tempo ver a sorrir as folhas a cair,
A chuva, o sol, o arco-íris e a lua também !
Que eu vou imaginar assim o nosso amor
Da nossa cor, da cor do amor!

Podemos esperar o inverno!
E esperar aquele frio que nos congela,
O Oásis será sempre nossa alma intensa aquarela! 
Podemos esperar a neve cair e o amor passar mas o amor é eterno!

Podemos esperar o inverno!? 
(…) 

By. Quandoachuvacai- acor



sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Eu brilho para ti e tu brilhas para mim!!!

 


A força da chuva pinga,
Pinga gota a gota no nosso coração,
refletes nas minhas mãos uma luz dourada
no meu corpo, na minha alma que divina inspiração
Como uma chama, tu chamas me e eu a ti, eu penso em ti,
Sinto me bem estas no meu coração estas junto a mim!

O palpitar mágico do amor rasga sorrisos,
Luz intensa poderosa, inspiração, meu amor!
Mesmo chuva sou teu sol e tu o meu grande amor,
Encantamos os olhares, que horizonte , incrível este céu, está cor ,
A felicidade saltita nos nossos sorrisos,
Saltita palavras, saltita versos , e Saltita poemas de universos.

É tão mágico o que sinto por ti,
E algo tão precioso que para mim, és sol
E eu o teu sol, eu brilho para ti
E tu brilhas para mim nessa luz cor de girassol
teu ser é minha inspiração meu estado e de te amar
Minha Luz intensa, Lapido para ti versos junto ao mar.

By. Quandoosolreluz /Quandoachuvacai - acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=352773 © Luso-Poemas

sábado, 29 de agosto de 2020

Encomenda do espaço!
















Tenho o teu nome gravado no meu coração,
Nas estrelas, no universo, em todo o lado!
Um suspiro de amor se formou bem recheado
de alegria de tudo o que é real e espiritual!

Se formos a pensar, pensamos!
E pensar que sabemos sem saber, sentimos!
Que pensar é do tamanho universal
E o poder que tem nossa mente?
E tudo o que é real foi um dia pensado, isso é fenomenal!
Penso como penso com amor , penso que o mundo é igual!

Deixa-me falar que a cada segundo...
acho que é tão bonito o mundo do nosso pensamento,
Deixa-me colorir contigo mais o nosso mundo
das coisas mais puras, mais amorosas neste momento,
Soprando te em letras que tu possas sentir em teu coração
todo este poder infinito deste sentimento!

Tenho o teu nome gravado no meu coração,
Nas estrelas, no universo, em todo o lado!
Um suspiro de amor se formou bem recheado
de alegria de tudo o que é real e espiritual!

Olhei o céu e pedi ao universo um sonho para cada um de vós…
O céu estava cheio de nuvens, ditou na minha alma ardente!
Encomendei então no espaço uma estrela cadente
agora uma bem especial para atender cada desejo teu!

By. Quandoachuvacai/acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=352657 © Luso-Poemas

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Amar















Sinto a suavidade do vento tocar meu corpo, meu rosto!
O sol e o mar intensificando a minha tonalidade,
A água e o sol limpando minha alma a nosso gosto,
Sensação agradável libertadora, minha liberdade!

Passas como vento suave, o ar que sai e que entra é vida,
É vida meditando como paz e tranquilidade , pensamentos negativos
saem da nossa vida, pensamentos positivos é sorriso na nossa boca,
Se pensar em ti e sorrir, imagino como é bom saber que somos sorriso!

Penso cada segundo em ti e imagino cada grão de areia uma estrela para ti,
 levarei sempre esse sorriso teu e deixarei o meu contigo,
Gravado deste jeito que desenha felicidade, ternura e amor
Somos  seres humanos amorosos por isso este amor é nosso!

E vives feliz no meu coração, no meu pensamento
E se parecer melodia de harpa , é o que quero sempre ouvir,
és a alegria, o amor, a força, o sol de cada momento
E vives saltintado em pezinhos de lã no meu sorrir !

Quandoachuvacai/acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=351375 © Luso-Poemas






quarta-feira, 10 de junho de 2020

Aventura



Posso imaginar um intenso pôr-do-sol nas  nossas mentes! 
 Hoje peguei na câmera fotográfica com a aventura 
de Deixares-me andar devagarinho em teu pensamento! 
Queria fotografar esse mundo deslumbrante que sentes 
para versejar cada encanto  que fazes-me sentir a cada momento! 

A perfeição, para além da imperfeição. Toco a textura de cada árvore 
para te dizer em verso  que tudo é diferente, tudo tem seu jeito, o seu rosto…
Estás no  sítio mais bonito, e guardo-te assim , sinto um amor enorme 
que não me cabe no peito, tudo o que vejo é perfeito, tudo que gosto, 
no dia a seguir amo ainda mais! 

O amor por vezes é dor, flor, fulgor e cor! 
Porém eu imagino um sitio nosso cheio de púrpuras cristalinas no ar, 
Cheio de energia positiva, e um enorme carinho cheio de flor
E os  momentos e a memória ficam  docemente a cantar 
ao som da harpa e de nossas vozes  repletas de  sintonia ! 


By. Quandoachuvacai/acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=350869 © Luso-Poemas

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Viagem até nós!




Acordo abro a janela e o sol  entra, reluz contra o espelho, 
Meus olhos encadeados brilham delicados, 
Limpo os olhos  e observo, as cores existentes… ! 
Posso olhar as árvores dançando com a melodia do vento 
Linda serenata! E de orquestra os mensageiros  divinos! 

As mariposas voam com gestos delicados, 
Voam de flor em flor,de sol a sol, enchem o céu 
de mágica, como  flores voadoras ou algo divino
observo a sua simplicidade. e viajo até ti! 

Meu amor  para eles não tens  nome! 
Para eles és sem nome! 
Se és  sem nome então para mim teu nome é tudo! 
Pois só eu sei como lindo ele é!

Penso em ti e sorrio o dia inteiro sem falar 
Sem dizer nada, só sentido este amor, este alguém, 
Sonho  com a ideia de chegar até ao  teu lugar 
E de ficar por lá, e de ficares por cá, no meu também... 

By. Quandoachuvacai/acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=350464 © Luso-Poemas




terça-feira, 28 de abril de 2020

Cada gota um diamante!





Se teus olhos vissem em cada gota um diamante!?
Quantos diamantes sentias  na tua alma?
Se cada folha dourada que cai sobre ti fosse igual,
saberias então o que eu sinto afinal!
E se o vento  falar contigo toma isso como sinal!

Meu coração bate como cada gota diamante,
Que caí delicadamente em tua alma,
Vai caindo , gota por gota trazendo me a tua calma!
Lê minha vida com todo o amor existente!

Gota por gota, conceito infinito
Posso imaginar o teu estado de espírito!
Semelhante ao meu, meu verso perferido ,
em cada poema meu, em cada poesia nossa!

Riso estampado no céu , riso em todo lado,
Mar sorridente, céu pintado de amor
Estrelas brilhantes, mar e sol, campos em flor!
Amor de verdade, meu sonho acordado!


Quandoachuvacai /acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=349622 © Luso-Poemas

terça-feira, 14 de abril de 2020

A forma da chuva!















O tempo que já passou e agora assim vai sendo,
 Alguém ouve o sapateado da chuva?
Eu escuto os suaves sapatos da chuva,
Como aquele brilho que só eu entendo!
Cada pingo, cada cor, cada dor,
cada riso, cada pensamento, cada flor.

E tocando, trocando de pensamentos!
Uma luz, um trovão  soa maldisposto.
 Rabisco os  sentidos, os momentos.
Até sei o que  sinto  hoje!e é o meu gosto!

Ler e reler meus versos  ler-me e ver-te nas minhas palavras,
Mas  não és tu, sou eu, perdida em poemas que de certa forma,
 vejo-te, em versos que retrato faz tempos e não sabia (…)
Não sabia que eras essa pessoa que desenhei dessa forma!

Desabafo assim para peneirar a vida do teu coração,
Cada gota  que flui como a poesia da nossa inspiração,
Quem me dera que ouvisses a mesma chuva que toca!
Mas nem eu entendo o que eu fiz  de tão lindo  para  amar-te tanto!

By. Quandoachuvacai /acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=349293 © Luso-Poemas



terça-feira, 31 de março de 2020

Abraço sem fim!



Tenho saudades de mim,
Vai lendo minha saudades assim,
Que me abraço  sem fim, 
Mais uma  lembrança para ti de mim. 

A saudade quando te penso, 
E te sinto mais perto, eu te penso
Para te ler eu te escrevo 
 Recito e guardo- te como um trevo! 

As flores, as abelhas, O pólen, o mel… 
O tempo, segundos, minutos, horas, dias… 
Tenho saudades de mim,de ti, de nós! 
Tenho Saudades de não ter saudades ! 

Caixinha de música, escuta,  ela toca chorando de emoção, 
Como o tic tac do relógio que faz dueto com o coração, 
Adeus, adeus meu amor… Vai lendo minha saudade assim,
Que me abraço  sem fim para te sentir  perto de mim! 

By.Quandoachuvacai/acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=348983 © Luso-Poemas


sexta-feira, 13 de março de 2020

Coração!
















Talvez seja um coração falante!
Um coração tagarela, amante!
Um coração risonho cheio de amor,
Gosto de ti  como  toda esta cor
criativa do sentir, te amo sem problema algum
de dizê-lo, te amo, te amo como todas as coisas existentes!
Se não existisse não existia tal sentimento!
Se não existisses o que seria então de mim?
Se te sinto cantando no meu peito, e se te amo, que mais posso quer?
Se não este  lindo amor,  estas cores que preencheram o meu olhar
e escrevendo meu amor, eu te amo(…)

Quandoachuvacai/acor


terça-feira, 3 de março de 2020

Olho o mundo e vejo o que sinto!












A vida com música é tão mais sentida,
Olho a relva e o sol intensificando a sua cor
 o céu está tão azul é tanta cor, meu amor! 
O vento agita e a música entra repleta de vida!

Minutos de atraso, pedimos tempo, meu presente!


Tenho aqui você no meu coração e  sussurras baixinho na minha mente !
Palavras mudam tudo como a intensidade do que eu  vejo, um sim é uma verdade,
Como um não uma negação o céu não perde a cor e não deixa de ser realidade!



Olho o mundo e vejo o  que sinto!


Mesmo   quando  anoitecer e os olhos escurecerem,  dorme !


Descansa mas aprecia  as batidas do coração como  está música!
A música toca, a relva, as árvores , as folhas se agitam com o ar…
ela  move nos  sempre de  uma forma mágica que não podemos imaginar! 

Entre a música, o que eu vejo e o que eu sinto, estás tu!


E esta paisagem que ninguém vê é a mais brutal que podia sentir! 
Não sei descrever, como tu também não deves saber mas  é tudo! pois vejo-te  sorrir!
Como explicar esta condição dos sentidos que nos  leva sempre a palavra amar? !



Olho o mundo e vejo o que sinto!



By.Quandoachuvacai


terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Dedadas no coração!





Vou sonhando, Imagino as fabulosas ilhas gregas,
deve   ser belo, mas aqui o sol  esta coberto de nuvens negras,
Mas na magia da  vida se mistura a chuva,o meu amor  e nosso olhar,
 Quem salpicou aquelas cores no céu e criou o mundo dos sonhos ?
E quem deu cor ao coração, e quem o fez ou faz  acelerar?

Lágrima de chuva, orvalho, essência quente ,
Desenrola nosso amor, dedadas no coração,
Dedadas tuas, palavras digitais, mistura de emoção,
Dedadas   no coração, na  nossa mente!

Palavras, palavras digiridas e bentitas  são inspirações ,
Olhares,partículas  distantes, tatuagens, uau! e mossas!
E sem querer  me marcaram, marcaram tanto, marcaram nossos corações …
Dedadas tuas, dedadas no coração.dedadas nossas, dedadas infinitas …
.
Quandoachuvacai/acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=348321 © Luso-Poemas

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Rotina!













Já cheguei a casa a uns cinco minutos
Mas ainda não sai do carro, não me apetece
Está me a saber bem estar aqui, em silêncio!
 Percebo, que é muita confusão!
É preciso desse tempo para nós, sossego!
Demorei mais tempo a chegar
porque agora quando sai estava lá outro polícia,
E eu inervei-me bué de manhã!
Não me estava para chatear de manhã, estas a ver?
Então tirei o carro da garagem e ainda dei três voltas,
A procura de lugar a terceira volta lá encontrei lugar,
depois fui guardar o comando e fechar a porta e vir-me embora.
Já cheguei a casa a uns cinco minutos
Mas ainda não sai do carro, não me apetece
Está me a saber bem estar aqui, em silêncio!
Ligo o radio , ouço uma musica  assim uma  que relaxa os músculos, o coração,
os ossos, a pele, a alma, quero respirar 5 minutos e ouvir as ondas do mar a bater nas rochas e o vento soprando, calma!

Quandoachuvacai/acor/ca

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=348089 © Luso-Poemas

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Eu vou ficar!









.

Só quero recordar
Aquelas pautas  mudas ,
Gravando singular
Tão agradável a vista, quero-te as  cantar!

Olhares perdidos ,
Borboletas, versos soltos para ti
Meu amor, ninguém rouba!
Ninguém arranca de mim
A verdade do nosso jardim!

Sorris poesia
 Sorrimos é nossa magia
 para além de tudo,
 Entraste  repentinamente no palpitar ,
 Chegaste, como és, para ficar
 Para aqui  te guardar!

Poesia é o teu olhar me tocando,
E o meu olhar te tocando
E tudo o que ditas para mim,
 Não é exagerado !
 és o meu grande amor!

Como tu és, com o teu olhar
escreves-te , para sempre!
Entraste com intensidade de amar
 e sussurras-te baixinho na minha  alma,
 Eu vou ficar!

By.Quandoachuvacai /acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=348068 © Luso-Poemas

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

As vezes!


As vezes és tudo, és tudo para alguém!
E se alguem dizer o contrário?
Hoje,  eu digo-te assim…
As vezes  és o sol e a certeza !
São  tantas  formas  que tem….!
As vezes. eu gosto  tanto de ti!
E não tenho forma de transcrever isso,
Então sorrio ou a  minha alma o faz por mim,
Fazes minha alma dançar  nas nuvens
uma dança contemporânea!
Ainda brilhas assim,
tão de repente!?
E o teu olhar ainda brilha como de antes?
Acho que ainda vai brilhar muito mais!
Como cada sorriso do sol…!
As vezes.
O silêncio o desenha em lagrimas do céu , risos de flores, tantas formas que tem o amor!
As vezes. Ninguém se importa.
Mas a há sempre alguém que sim e muito!
Sabes as vezes. eu amo-te tanto!
E das outras vezes.
Eu amo-te ainda mais…

By.Quandoachuvacai /acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=347764 © Luso-Poemas



segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Sentido dos sentimentos!











Só queria que ouvisses com atenção os ventos
 Os sentidos não são objetos nem um pouco  disso , eles debruçam se na alma
  a sensibilidade de descrever o que sentimos são  sentimentos!
 E voam as voltas pelo céu e  para sentirmos outros  que nos pode agitar ou trazer acalma!

Somos sentimentos, somos sensíveis, somos sentimentais,
Somos milimetricamente o que sentimos e eu sinto o vento
Falar comigo e digo a ele o quando vivo cada momento
Eu  falo linguagem de alma e pergunto  para  onde vai o que digo?

Sou esquecida, sou lembrada sou o  quê? se não o que sinto!?
Gosto de gostar da natureza e o que vive em mim e gosto tanto, não gosto pouco,
Gosto de gostar do que gosto mas não é um gostar qualquer que se diz por dizer
e é esquecido ,  não digo assim, não é assim, gosto do que gosto e não é pouco!

E sentindo  levamos  o rio ao céu ou céu ou rio!?
O rio ao céu ou céu ao rio não importa a ordem!
Importa nossa existência e o sentido que nos dá a vida,
Não é para se entender logo, e para se ir entendendo… !

O mistério...

By. Quandoachuvacai /acor

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Amores Perfeitos!



Olho os meus  pequenos  bonsais, cactos e suculentas
que comecei a colecionar nos parapeitos
das minhas janelas,  rego e adubo meus  amores perfeitos !
é preciso esperar!  As folhas e flores dos amores são violetas, lentas ou violentas !?

Que intensidade, eu sorrio com liberdade  para a natureza é o que faz
O coração bater fortemente como aquela luz que toca a alma,
E meus pulmões se enchem de ar e  digo para mim….
Eu penso para mim! Psiu! Só digo  para ti…!

Esta mistura desenha nosso sorriso discretamente,
Esse olhar para dentro e pensar que pensamos e depois se forma…
Falo assim como sou, como sinto no rosto o tocar do vento delicadamente!
Como vejo, como escuto, como descrevo o que se transforma!

Olho um ponto  do horizonte, bem no cimo do monte
E chega uma  luz, esse reflexo lindo de inspiração
Como escrevo  sem pensar esta cor  tão rente ?
 és a luz da meu caminho e és a luz do caminho do meu coração!

Que brutal é o sentimento que nos faz  pensar  e domina o nosso peito!
Sentimos, sonhamos, vivemos as  emoções! Eu penso  para mim(…)
O que pensas?! o que sentes!? Meu amor eu (…) Eu  guardo para ti(...) !
E Junto para ti  cada  letra do nosso  amor perfeito !

By-Quandoachuvacai/acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=347481 © Luso-Poemas

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Suspiros de Açúcar!










vu-uu-uu! veee! vuum! vvvv!
Noites e dias  a fio e ela  suspirando!
Sonhando o espreitar das ruas  desertas,
por causa do nevoeiro risca  linhas  incertas,
 o mar solta-se nos braços do anoitecer
E nasce mais um sonho ao amanhecer!

Ninguém sabe o porque mas ela passa a vida   a suspirar!
E essa  intensidade  abre  docemente as asas para chegar ao seu amor,
Ela  sopra e imagina o  seu suspiro   como a mesma intensidade,
com um doce suspiro feito de carinho, amor e açúcar!

Eles pegam-se em todas as  esquinas como um verso,
Um verso atrás de verso até o amor soletrar mais amor!
E os suspiros perdidos encontram se  enfim  em todo o lado mas mais no céu intenso!
Eles pegam-se como uma chama  que os chama ainda com mais amor!

Eles pegam-se nas esquinas dos seus pensamentos,
E encontram se de rosto envergonhado mas sorriem,sorriem muito! 
E seguem no mesmo pensamento fixo, sempre focados nesta tão bonita magia que é o amor.

Suspiram para soltar o que esta preso na alma,
E assim deve se tratar, deve ser maravilhoso, ter um amor assim !
Olhem só! tudo voa  por conta disto por conta de esse amor suspirado! 
Eles pegam-se nas esquinas dos seus pensamentos e se amam  tanto (...) 

vu-uu-uu! veee! vuum! vvvv!
vu-uu-uu! veee! vuum! vvvv!
vu-uu-uu! veee! vuum! vvvv!
Sol apaga o forno, os suspiros estão prontos!

By. Quandoosolreluz/Quandoachuvacai 
/acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=347295 © Luso-Poemas


sábado, 21 de dezembro de 2019

Deus!



Louvores  a ti meu  Deus,
A nossa esperança, a fé, a saúde , o Amor !
Natal, Natal, Natal és TU!
Oh meu Deus!  Meu Deus! Meu Deus !
Não digo o teu nome  em vão !
Sabes que quando olho  está beleza ,
Sei que é obra tua, e quando olho o céu  é obra tua!e tudo é obra tua!
Tudo és TU e és as palavras gentis
 da minha boca! 
E tudo que é  átomos em nós és TU, és Deus,
Oh meu Deus!  Meu Deus! Meu Deus !
Hoje eu choro como um rio de emoção....
Não digo o teu nome  em vão,
Canto louvores  a ti! 
Natal És TU! e TU  estás aqui!
És a  minha visão e eu consigo ver-te!
....
By. Quandoachuvacai /acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=347205 © Luso-Poemas

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

DImensão da felicidade!














Olhou fixamente para um ponto no espelho, 
Acho que o seu ponto que converge era a pupila do seu olhar, 
Aquela esfera preta brilhante! as portas da alma!  ela queria sonhar! 
Tocou e traspassou a dimensão de um inusitado espelho! 

Só existia um assim e esse era  o dela, tinha  um rebordo do estilo grego, 
Nutria  ouro e pedras preciosas, ela prezava sair da realidade, 
Posto que a realidade  copiava melancólia e malignidade! 
Era um espelho  secreto pois esse a  levará a sítios encantadores. 

Ela pintava os seus sonhos   de forma amorosa e surreal , 
Para caracterizar melhor a  sua alma  pois ela era a felicidade, 
A felicidade era apaixonada por um amor da sua utopia, 
E fazia de  tudo o que  podia para ver  essa pessoa  feliz na  realidade! 

Posto que hoje ela sonha demasiado e tem um sorriso lindo e contagioso 
 dizem que  vê-la  sorrir faz todo o sentido ao seu semelhante,
A felicidade tem destas coisas e um segredo tão maravilhoso… 
 Ver  o  brilho da pupila dos seus olhos mais a magia da lua é radiante… 

Se a felicidade sair do espelho volta a realidade mas feliz ela sonha, 
Porque nossas  utopias são incentivo para voar,  ela sonha e sorri 
Porque sorrir é saber agradecer a beleza que nos transmite a vida, 
A felicidade sai do espelho e abre um lindo sorriso e reflete para ti! … 

By. Quandoolhasalua/Quandoachuvacai-acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=347052 © Luso-Poemas

domingo, 8 de dezembro de 2019

Parte de mim!


Quando parei de escrever naquele instante, naquele tempo, curto! 
Sem  olhar  o  tempo, pensei  parece que parou,
No  momento e quando o tempo parece que congelou! 
E a  voz parece que  gritou pelo o  olhar  como  um grito se tratasse… !


E quanto as emoções , eu guardei, voltei!, cai…, sorri e a alma mirei… 
Fechei os olhos  e dei por  mim a perguntar quem sou!? 
Toquei o meu rosto estava suave  mas contraditório… eu suspirei ! 
E  escrevia  a apreciar o sentido, o que marca e tudo o que  marcou! 

Meu coração toca música clássica e  quero que ouças  assim... 
 Era simples   sentir-te no meu   coração  enquanto  o encanto é nossa canção! 
 Se pensasse em ti! o poema sérias tu! 
Como seria inevitável serás tu e eu do princípio ao fim!

Engulo em seco quando a poção do amor parece já incalculável. 
Minha letra termida, meu poema. É tão visível ! 
 Por mais que me descreva em cada palavra, assim! 
Tocar a tua alma é o meu sentido e dizer-te assim o quando és para mim! 

Quandoachuvacai/acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=347010 © Luso-Poemas


segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Meu amor!



Um clarão amarelo brilhante Ilumina minha Ventana,
A água cintila no vidro e onde o frio toca é de porcelana,
está escuro e as sombras  refletem na parede ramificações ,
Melhor dizendo  corações em fila de espera!

Não sei se sou eu!?
Se é algo em ti, em  mim!?
Se é uma ideia poetica!?
Se foi sempre assim!?
Deixas-me tão romântica !
Pois  fazes parte da minha alma!

Tudo ao meu redor desfoca quando te foco!
Sabes  o quanto és inspiração?
 Será que algo explica o que criaste em mim ?
Tudo ao  meu redor desfoca quando te foco!

Rasgo  os meus rascunhos, os que rescrevi à bocado,
A poesia surge de desenhos num vidro embaciado,
Meu pensamento encontra o teu! e o teu o meu!
Magia  do amor , da lua ou de umas  estrelas  coladas no céu!?

Recorto as estrelas a lua para ficarem  mais perto,
Recorto um  enorme coração de papel  cheio de cores vivas…
Escolhe as mais lindas  da tua imaginação, imagina,
não quero ver o fim da nossa imaginação,
Imagina meu amor pois para mim este amor não tem fim...


 By.Quandoachuvacai /acor


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=346948 © Luso-Poemas

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

O que é que tu fazes por mim?











Aqui há folhas, 
Abro a porta, 
Fecho a porta, 
Para onde olhas? 
Subo as escadas, 
A tua procura! 

O que é que faço por ti? 
Numa noite escura olho diante as portas de vidro, 
E eu sentada no chão frio, com pensamentos vagos, 
Vejo corações em  todo o lado… 
E fico a tua espera, sempre a tua espera!

Várias coisas chegam a memória e entre esta escuridão, 
Eu vejo o amor na chávena de café
 Imperfeito  mas com todo sentido e emoção, 
Porque o amor é imperfeito mas é o sentido da vida! 

Sinto a chuva cair sobre mim,
E caminho um caminho incerto,
As poças de água refletem as árvores 
mas no fundo  eu só te vejo a ti. 

Tento perceber o que estás a pensar entre entradas e saídas, 
Ouço as rodas a rodar pelo chão e na tua lembrança imagino teu rosto
apaixonado tal como no fundo da chavena de café de  doce gosto, 
Algo como o  amor, que   não se explica mas por ser puro, ele existe!

O que é que eu faço por ti? 
A traz da porta de ferro do jardim, aquele jardim, o nosso! 
Oh meu amor o que é que faço por ti? 
Julgo que nunca me esqueceras  como eu nunca te esquecerei, nem o que tu  fizeste por mim!

O que é que fazes por mim?  
Eu espero 
Eu espero
Eu espero por ti meu amor!


Quandoachuvacai/ Dueto 


Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=346861 © Luso-Poemas


sábado, 23 de novembro de 2019

Cores dos Sonhos!











O chão está coberto de um manto dourado,
E são poucos os que assim se deslumbram,
A esperança vista na natureza dos que amam,
e assim algo mágico foi libertado!

Não esqueço do que é vida em mim!
O que faz-me ser, não esqueço!
Sorrio porque sentir é essencial , é mesmo assim!
Quem inventou as cores dos nossos sonhos? E todas cores existentes do nosso olhar?
Quem pintou o amor tão verdadeiro e puro?
Quem foi que deu cor ao universo?
Quem pintou o mar, o céu , a terra,e teu olhar intenso?

É doce, encantador e elevado o subconsciente!
Respostas ! Memórias! Ideias!Afirmações! A mente é fabulosa!
As borboletas dançam nas nuvens,
Dançam na alma e as cores criadas
coloram a vida de emoções!

Tudo o que sentimos  é nosso, só nosso!  
Sinto assim e esta energia boa está entre nós !

By.Quandoachuvacai /acor

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=346842 © Luso-Poemas